sábado, 27 de abril de 2013

Como manter a forma durante o tempo de aulas?

Olá Rebels!
Não há dúvida que a desculpa mais repetida para não fazer exercício é a falta de tempo.

O que fazer?
  • cardio é algo que devem incluir 3 a 5 vezes por semana, por 30 minutos (no mínimo). Este tipo de exercício tem imensos benefícios, dos quais realço: sistema cardiovascular saudável (menor risco de desenvolver doenças associadas ao mesmo, assim como acidentes vasculares), diminuição de gordura acumulada, maior densidade óssea, menores níveis de stress, melhor padrão de sono e níveis de energia mais elevados ao longo do dia.
  • Têm imensas opções à vossa escolha, como caminhar, jogging, correr, andar de bicicleta, dançar, remar, nadar, praticar futebol, andebol, ténis, surf… E qualquer atividade que aumente o ritmo cardíaco. Alguns exercícios mais dinâmicos, que envolvem grandes grupos de músculos, também podem ser eficientes. Deixo-vos aqui um exemplo.
  • Embora a rotina seja útil, também é igualmente importante inovar de quando em vez. No cardio, por exemplo, experimentem visitar a piscina municipal no horário livre, ou marcar um jogo entre amigos. Para além de ser bom para o organismo, também vos vai motivar e manter o vosso interesse!

É importante que encontrem uma rotina que devem cumprir, pois essa é a melhor forma de nos mantermos regrados.




  • Caso sejam obrigados a ficar sentados ou de pé durante muito tempo no vosso quotidiano, aconselho a fazer exercícios que se foquem nos músculos abdominais e das costas, de forma a fortalecê-los, diminuindo assim a dor devido a compressão discal. Um exercício extremamente simples para esse efeito é a prancha. Para além disso, é crucial ter em atenção a postura!
  • treino com pesos é, no geral, mais facultativo, mas essencial para quem gosta de algumadefinição muscular ou, é claro, se sente fraco. Sendo mulher, desejo ter mais força de braços, e portanto essa é uma área que trabalho mais. Uma vez que gosto bastante de correr, normalmente faço mais exercícios localizados para a parte superior do corpo; isto para vos mostrar que os exercícios localizados servem também para manter o vosso corpo equilibrado, de acordo com o tipo de desporto que gostam de praticar.
  • Para obterem resultados do treino com pesos (o peso pode ser o vosso próprio corpo, como no caso das flexões), embora vá depender do vosso nível e plano de treino, o ideal será realizar exercícios dia sim dia não, de forma a deixar os vossos músculos recuperarem, “construíndo-se”. No entanto, tal assunto seria suficiente para um outro post (há a questão de iniciação, séries e repetições e para quê…), pelo que não irei alongar-me.
  • Por fim… não se esqueçam de relaxar e alongar os músculos! Alongamentos e massagens podem não fazer parte do exerício, mas são ótimos complementos.


Dicas
  • Procurem motivação. Todos temos fontes de motivação distintas, mas penso que algo bastante comum é a música. Ouçam música agitada, que vos dê vontade de dançar e cantarolar! Pessoalmente, dançar acorda-me sempre o espírito, e certas letras parecem feitas à medida para estas situações. Se encontram motivação em algo mais estético, porque não dar uma olhadela no espelho, ou verificar o número de calças?
  • Definam objetivos. Se tentam perder peso, coloquem um post-it no frígorífico com o número que querem ver na balança nessa semana. O mesmo para o ganho de peso, aumento ou diminuição de medidas do corpo, percentagem de gordura, em quanto tempo fazem uma piscina ou correm 1km… Mantenham-se motivados, desafiem-se a vós próprios!
  • Preparem-se. Quando tenho 0 vontade de fazer exercício, calço os ténis, apanho o cabelo e visto a roupa de treino. Pode parecer estranho, mas a simples sensação dos meus pés amortecidos pelas sapatilhas adequadas dá-me imediatamente vontade de me mexer! Esta é uma técnica que nos incentiva mesmo quando não queremos ser incentivados, mesmo que a música alegre entra por um ouvido e sai pelo outro.



  • Encontrem um parceiro. Alguém que vos levante quando não vos apetece fazer nada e vice-versa e, acima de tudo: alguém para desiludir, para além de vós mesmos.
  • Inovem. Sei que já referi isto, mas é realmente essencial para manter o interesse. Caso frequentem o ginásio, experimentem uma nova aula ou máquina, ou mudem o percurso da caminhada, ou o estilo de natação, ou os exercícios localizados. Se estiverem sem imaginação, falem com um amigo e façam planos juntos!
  • Usem o vosso corpo. Por vezes, simplesmente não queremos sair de casa, e as opções ficam reduzidas; mas não extintas! Podem ainda mover-se, suar e pular, no conforto da vossa casa. Existem DVD’s com exercícios bastante úteis, para além da Wii, e aqueles que estão ao nosso dispor em vários canais do Youtube. Não há desculpa!
  • Joguem com o clima. É preciso ter senso comum, e pensar nas condições atmosféricas. Por exemplo, o frio nunca me incomodou muito para correr ou andar de bicicleta, mas se o ar estiver muito seco torna-se insuportável. Por outro lado, adoro fazer uma visita à piscina em dias chuvosos, pois para além de a água quentinha ser relaxante, a nossa piscina municipal é envidraçada em toda a extensão de uma parede, pelo que é possível ver o tempo cinzento lá fora e a chuva a cair. Lembrem-se, acima de tudo, que embora o exercício possa ser exigente, deve haver sempre alguma parte agradável para nós.


Fonte: Sempre na Moda

Estas dicas ajudaram-vos?
Kiss, da Mariana♥

1 comentário:

  1. Dicas muito boas! Onde posso seguir o blog?
    Beijinhos

    ResponderEliminar